quinta-feira, 10 de junho de 2010

E a menina é também poeta!


(sem título)

Uma dor
sem sentido
que quando chega
alaga o mundo
cada passo
um sofrimento
atenção que vendo
sem ao menos
ter ganhado 
some com o tempo


Uma escuridão
 tantas palavras em vão
brigas que passaram
e que com certeza
voltarão


É assim uma fase da vida
que para mim nunca
passará
e nesse desespero
surge a pergunta:
atenção, quem me dará?


Autoria: Nathalia de Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desinbucha! fala tudinho! põe p'ra fora! Solta... Vâmo lah!